Pular para o conteúdo principal

INTRODUÇÃO

A concordância verbal em português tem sido o fenômeno lingüístico mais investigado nos últimos anos, sobretudo sob a perspectiva da teoria da variação e mudança. No entanto, no ambiente escolar, estudar a concordância verbal é, basicamente, estudar o sujeito, pois é com este que o verbo concorda. Contudo, há uma série de casos e considerações que merecem discussão. Nesse sentido, a aula visa a apresentar alguns casos especiais de concordância verbal, propiciando a reflexão acerca das possibilidades de registro empregadas em várias situações da norma culta.
   Tema/Assunto:
                                                                                                         
Concordância verbal.                                         


   Objetivos:

§  Identificar estruturas sintáticas do português-padrão e não-padrão no que se refere à concordância verbal.
§  Perceber a origem e a significação social dos conceitos de certo e errado em linguagem.
§  Perceber o papel dos objetivos e da situação comunicativa na escolha das variedades lingüísticas de concordância verbal.
§  Reconhecer a norma-padrão de concordância verbal.
§  Avaliar a correção de frases apresentadas, considerando as regras de concordância estabelecidas pela norma-padrão e/ou pela norma culta do português brasileiro.
§  Usar a norma-padrão de concordância verbal em situações comunicativas e gêneros textuais que a exijam.
§  Corrigir textos, observando as normas de concordância estabelecidas pela norma-padrão e/ou pela norma culta do português brasileiro.
§  Produzir textos orais e escritos, observando as normas de concordância estabelecidas pela norma-padrão e/ou pela norma culta do português brasileiro.
§  Desenvolver uma atitude crítica e não-preconceituosa diante das variedades lingüísticas.




   Orientações de como desenvolver a aula:

O conteúdo explorado na aula é bastante extenso. Assim, sugere-se ao professor que divida a apresentação em duas aulas. Pode-se, antes mesmo da apresentação, sugerir aos alunos que pesquisem sobre o tema, para só então apresentar alguns tópicos explorados. O professor pode ainda solicitar aos alunos que, em grupos, pesquisem sobre casos específicos de concordância verbal. Desse modo, os alunos terão como participar ativamente da aula.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PLANO DE AULA: TEMA - VARIAÇÕES LINGUÍSTICAS

PLANO DE AULA: TEMA - VARIAÇÕES LINGUÍSTICAS Plano de aula Língua Portuguesa


Tema: Variações Linguísticas



Tempo: 12 aulas.




OBEJETIVOS:
- Refletir sobre as variações da língua no decorrer do tempo. - Valorizar as diferenças culturais e linguísticas. - Usar a linguagem com autonomia e sem preconceitos



Materiais utilizados e disponíveis neste planejamento.


Textos variados; Filme – Tapete Vermelho Exercícios variados Avaliação da aprendizagem

1ª Aula: (momento descontração)
Leitura dos seguintes textos. I - Declaração Mineira de Amor aos Amigos...
Declaração Mineira de Amor aos Amigos.... Amo ocê ! . Ocê é o colírio du meu ôiu.
É o chicrete garrado na minha carça dins.
É a mairionese du meu pão.
É o cisco nu meu ôiu (o ôtro oiu - tenho dois).
O rechei du meu biscoito.
A masstumate du meu macarrão.

PLANO DE AULA DO 6º AO 9º ANO

CADERNO DE: PLANOS DE AULA



01
Tema: DESENVOLVIMENTO DO GOSTO PELA LEITURA
II OBJETIVOS
Identificar o ritmo, a sonoridade, a musicalidade e expressividade presentes no texto. -desenvolver as habilidades de ler, ouvir e interpretar o texto

III – Síntese dos procedimentos

-Cantar com os professores

-Interpretação escrita do texto.

Leitura ora e do texto (música: E vamos à luta, de Gonzaguinha) pelos professores e pelos os alunos.
-Ouvir com atenção a letra cantada.
-Cantar com os professores.
-Interpretação oral do texto.

IV – Recursos
-Professores
-Alunos
-Aparelho de som / Piloto / Som

02

Tema: PRODUÇÃO DE TEXTO (Quem Conta um Conto )

II - Objetivos
-Criar oportunidades para que os alunos descubram a expressão escrita como forma de comunicação e de interlocução.
-Despertar o interesse dos alunos para usar a escrita como uma maneira de ter uma visão de mundo mais abrangente e dinamizada.

III – Síntese dos procedimentos
-Discutir as expectativas e previs…