Postagens

Mostrando postagens de Setembro 13, 2011
Promotoria pede pagamento de piso nacional a professores do RS O Ministério Público do Rio Grande do Sul foi à Justiça para obrigar o governo do Estado a pagar o piso nacional aos professores da rede estadual.
Professores fazem paralisação pelo cumprimento do piso salarial
Uma lei nacional de 2008 determina que o magistério receba ao menos R$ 1.187 por 40 horas semanais, o que não é cumprido pelo governo gaúcho. A validade da legislação foi confirmada neste ano pelo Supremo Tribunal Federal.
O Ministério Público pede a suspensão de outras 2.000 ações individuais na Justiça gaúcha sobre o pagamento do piso salarial. Com isso, diz a Promotoria, o trabalho do Judiciário deve se tornar mais fácil.
A ação civil pública solicita ainda que o governo estadual inclua desde já no orçamento do próximo ano a previsão de gastos para atender essa legislação.
O sindicato dos professores do Estado ameaça até fazer greve se o governo de Tarso Genro (PT) não cumprir logo o pagame…
MEC estuda ampliar número de dias letivos, diz ministro O MEC (Ministério da Educação) quer aumentar o número de dias letivos do calendário escolar, passando de 200 para 220 dias. A ideia é ampliar gradualmente o tempo das crianças e adolescentes na escola, atingindo o patamar de 220 dias em quatro anos.
O plano do MEC foi tornado público nesta terça-feira pelo ministro Fernando Haddad (Educação), que fez uma palestra na abertura do congresso internacional "Educação: uma Agenda Urgente", promovido pelo Movimento Todos pela Educação.
"Ou ampliamos o número de horas por dia ou, caso não haja infraestrutura para isso, aumentamos o número de dias letivos. Mas essas alternativas não são excludentes", disse Haddad, após sair do evento.
De acordo com o ministro, o MEC já fez reuniões com o Consed (Conselho Nacional de Educação) e com a Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação). Haddad disse que o plano ainda está em fase inicial…
Imagem
Imagem
Elaboração de um diário de leitura
Introdução O diário de leitura é, segundo Rachel Machado, Lousada e Abreu-Tardelli (na obra Resenha - leitura e produção de textos técnicos e acadêmicos, Editora Parábola), uma ferramenta para a leitura crítica de textos. As autoras defendem a idéia de que, com a prática do diário de leitura, o aluno poderá ter uma atitude de leitor ativo, interativo e crítico diante dos textos, o que, segundo elas, pode ajudá-lo a ter opinião mais segura e fundamentada sobre o texto lido. Ponto de partida O diário de leitura não é uma atividade a ser desenvolvida exclusivamente na sala aula. Pelo contrário. Deve ser iniciada pelo professor junto aos seus alunos na sala de aula (nas aulas de leitura, por exemplo), mas deve se estender para casa, como uma prática de estudo que acompanhará o estudante pela vida escolar afora, desde o ensino fundamental até a carreira universitária. Objetivos 1) Levar os alunos à prática da leitura crítica do texto;
2) D…
Imagem
Leitura e Literatura Ler é uma das competências mais importantes a serem trabalhadas com o aluno, principalmente após recentes pesquisas que apontam ser esta uma das principais deficiências do estudante brasileiro. Não basta identificar as palavras, mas fazê-las ter sentido, compreender, interpretar, relacionar e reter o que for mais relevante. Esta seção traz artigos e links que abordam a questão da leitura e da literatura.    Artigos
Subsídios para trabalhar com poesia em sala de aula. Miriam Mermelstein.
Sobre o gosto da leitura na escola. Miriam Mermelstein.
Formação de Leitores: um salto necessário para a escola pública. Maria Aparecida Ceravolo Magnani. Série Idéias n.13. São Paulo: FDE, 1994. p. 13-14.
A Importância da Leitura na Sociedade Contempor…