Postagens

Mostrando postagens de Novembro 21, 2011

Deputada discute os investimentos para a Educação no PPA

Imagem
Deputada discute os investimentos para a Educação no PPA Veja o programa Palavra Aberta, da TV Câmara. A Comissão de Educação e Cultura aprovou, aqui na Câmara, cinco emendas ao plano plurianual (PPA), que é elaborado pelo Ministério do Planejamento, com o apoio dos demais órgãos federais e trata das ações e metas para o País nos próximos anos. Para falar sobre o tema, nesta edição do programa Palavra Aberta, da TV Câmara, a entrevistada é a deputada Fátima Bezerra (PT-RN), presidente da Comissão de Educação, que esclarece sobre os investimentos no setor e quais serão os possíveis impactos das novas medidas adotadas. Da Redação/NA
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura Fonte: 'Agência Câmara de Notícias'

Salário mínimo: governo atualiza valor para R$ 622 em 2012

Imagem
Salário mínimo: governo atualiza valor para R$ 622 em 2012 O governo elevou o salário mínimo para 2012 de R$ 619,21 para R$ 622,73. O novo número consta no ofício que o Ministério do Planejamento enviou ao Congresso nesta segunda-feira (21) com a atualização dos parâmetros econômicos utilizados na elaboração da proposta orçamentária do próximo ano (PLN 28/11). A diferença de R$ 3,52 deve-se à revisão do INPC deste ano, que reajusta o mínimo (veja quadros abaixo).
A proposta orçamentária foi elaborada com uma previsão de INPC de 5,7%. O número, somado à taxa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2010, que foi de 7,5%, projetou um mínimo de R$ 619,21 no projeto original, equivalente a um aumento nominal de 13,6%. A atualização elevou a inflação para 6,65%. Com a mudança, o aumento nominal sobe para 14,26% frente ao valor atual, que é de R$ 545.
A projeção de aumento do INPC impacta os benefícios assistenciais e previdenciários, iguais ou acima do mínimo. Para os bene…

Piso Salarial Profissional Nacional dos Profissionais da Educação.

Imagem
DOBRA O VALOR DO PISO NACIONAL DOS PROFESSORES
Tramita na Câmara o Projeto de Lei 1376/11, do ex-deputado Ságuas Moraes (MT), atualmente na suplência, que cria o Piso Salarial Profissional Nacional dos Profissionais da Educação. Conforme a proposta, o piso se destina a todos os profissionais da educação escolar que trabalham em regime de tempo integral e será o equivalente a 12% e 15% do Produto Interno Bruto per capita do ano anterior para os profissionais da educação de nível médio e superior, respectivamente. No ano passado, o PIB per capita foi de R$ 19.016. Como base nesse resultado, o salário do professor que tenha cursado o nível médio seria de R$ 2.281 em 2011, e o do professor que tenha curso superior seria de R$ 2.852. Atualmente, conforme a Lei 11.738/08, o piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica é de R$ 1.187. O projeto permite que os professores optem pelo atual regime de remuneração ou p…

Para onde vai o dinheiro da educação?

Imagem
Abaixo, segue um vídeo sobre o destino dos recursos da educação.
Por todo o país, desde o último dia 6, o nosso plebiscito da campanha pelos 10% do PIB Já para a Educação Pública está a todo vapor. E com certeza deve continuar assim até o dia 6 de dezembro, quando será encerrado. A pergunta é simples: "Você é a favor do investimento de 10% do PIB (Produto Interno Bruto) em Educação Pública Já?". As possibilidades de resposta são ‘Sim’ e ‘Não’. É muito importante que educadores, operários, médicos, trabalhadores em geral, sindicatos e a população participem dessa luta para que possamos mostrar que o Brasil quer e precisa investir já 10% de toda sua riqueza em educação pública. Por isso, devemos nos esforçar ao máximo para que o plebiscito seja um sucesso e consiga colher a opinião do maior número possível de pessoas. Tenho certeza que a disposição de todos os trabalhadores que lutaram por melhores condições de vida e trabalho neste ano, a exemplo dos colegas educ…