ROTINA - ATIVIDADE II

.......... 
  
  Vida curta, miséria muita.
   Filhos, netos, genro
   Nora, cachorro e sogra
  Um bolo só.
  Grande tristeza, num ostracismo
  Um corpo forte, almeja um salto
  Da alma pura, no mundo bruto
  Na vida dura, força não há.
  Pro trabalho, quando se tem
  A pé, de ônibus, até de trem.
  Sacolejando sem qualquer plano
  Parece gente, mas, de repente,
  É coisa humana, na multidão.
  Sobe-desce, desce-sobe
  Suor e lágrima e muito sangue
  Embrutece e molda a massa humana
  Cal, cimento, areia e dor.
  Desce-sobe, sobe-desce
  Imensa escada
  Rumo ao céu.
 
  Finda o mês, antes o salário
  Feira não fia, foge de vez.
  Faltando arroz, feijão e sonhos
  Esperança e pão
  Escassa a vida agora mais.
  Sair, beber, embriagar,
  Fugir, mudar. Talvez morrer.
  Brigar por tudo também por nada
  Com todos e qualquer um.
  Voltar, xingar, esbravejar,
  Deitar, dormir.
  No outro dia,
  Recomeçar.
Texto retirado do livro:
"Horizonte Noturno”
PRIMEIRA QUESTÃO
TODAS AS IMAGENS ABAIXO SE RELACIONAM COM O POEMA EXCETO:
.

............
................
SEGUNDA QUESTÃO
ASSINALE A OPÇÃO ONDE AS CENAS PRESENCIADAS NO TEXTO PODERIAM TER ACONTECIDO.
.
..
.
TERCEIRA QUESTÃO
.
A FAMÍLIA RETRATADA NESSE POEMA RELACIONA-SE COM A IMAGEM NA SEGUINTE OPÇÃO:
.
......
......
QUARTA QUESTÃO
.
ASSINALE A OPÇÃO RELACIONADA AO TRABALHO DO PERSONAGEM PRINCIPAL DO TEXTO.
.
......
......
Sair, beber, embriagar,
Fugir, mudar. Talvez morrer.
Brigar por tudo também por nada
Com todos e qualquer um.

Voltar, xingar, esbravejar,
Deitar, dormir.
No outro dia,
Recomeçar
.
QUINTA QUESTÃO
.
SÓ NÃO ESTÁ RELACIONADA AO TRECHO ACIMA A IMAGEM:
.
..
..
Pro trabalho, quando se tem
A pé, de ônibus, até de trem.
Sacolejando sem qualquer plano
Parece gente mas, de repente,
É coisa humana, na multidão.
.
SEXTA QUESTÃO
.ASSINALE A OPÇÃO QUE NÃO ESTÁ RELACIONADA A ESSA ESTROFE ACIMA.
.
......
......
SÉTIMA QUESTÃO
.
ASSINALE O VERSO ABAIXO AO QUAL SE REFERE A IMAGEM.
.
A - Sobe-desce, desce-sobe
B - Escassa a vida agora mais.
C - Fugir, mudar. Talvez morrer.
D - Cal, cimento, areia e dor.
E - Voltar, xingar, esbravejar,
.
...
...

Finda o mês, antes o salário
Feira não fia, foge de vez
Faltando arroz, feijão e sonhos
Esperança e pão
Escassa a vida agora mais.
.
OITAVA QUESTÃO
.NÃO ESTÁ RELACIONADA À ESTROFE ACIMA A IMAGEM DA OPÇÃO:
.
.....
.......
NONA QUESTÃO
.
TODAS AS PALAVRAS ABAIXO SÃO ACENTUADAS. MARQUE A ÚNICA OPÇÃO ONDE O MOTIVO DA ACENTUAÇÃO FOI UM DITONGO.
.
...........
......
.
DÉCIMA QUESTÃO
.
ASSINALE O VERSO DO POEMA RELACIONADO À IMAGEM ABAIXO.
.A - Vida curta, miséria muita.
B - Grande tristeza, num ostracismo
C - Na vida dura, força não há.
D - Pro trabalho, quando se tem
E - É coisa humana, na multidão.
.
.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PLANO DE AULA: TEMA - VARIAÇÕES LINGUÍSTICAS

PLANO DE AULA DO 6º AO 9º ANO